6.13.2018

Sobre os Santos Populares 🎏

Há quem goste de touradas, há quem goste de futebol, há a Feira da Agricultura para os Ribatejanos... e depois há os Santos para os lisboetas. Ou então, há quem goste de tudo isto, sem excepção! 

Já tenho Lisboa como (muito) minha. E nos Santos só quem ama Lisboa vive verdadeiramente estas festas. É o espírito da coisa, o bailarico pimba, os manjericos, a sardinha assada (para quem gosta), a bifana e o caldo verde, o chouriço assado, o convívio. É o Santo António e as moiçoilas casadoiras. É um espírito indescritível! ❤️🎏 

Não fosse o Santo António, o meu favorito. Não sei porquê, mas nestas coisas os porquês não interessam lá muito. 

Este ano, com a minha Otchi. Foi rir, rir, e rir muito. Barrigadas de riso. Como já não me lembrava há muito! E foi muito bom. 

Até apanhámos um Uber de Luxo, quais dondocas qual quê, porque inexplicavelmente estava mais barato que o Uber normal (X) e o green! Fomos de Mercedes E250, com direito a porta aberta pelo motorista e tudo, e deu 5€ a cada um 😂 custa gastar em transporte mas é mil vezes preferível a tentar estar 3 horas à procura de lugar, riscarem-nos o carro (para não dizer coisas piores) e/ou pagarmos parquímetro. 

Já tenho o meu Jeriquinho deste ano 🌳❤️

















Tão bom! ❤️🎏

Sem comentários:

Enviar um comentário