7.23.2017

E 7 dias já lá vão

Sem darmos por eles. O que é bom sinal, porque significa que estão a ser bem passados. 

A nossa casa é como o nosso coração. É um entrar e sair dos nossos. Uns chegam outros vão. Todos deixam saudades. Todos fazem dos momentos únicos e indescritíveis. Todos fazem falta. Mas acima de tudo, todos nos fazem felizes ❤️

Obrigada.






Já tinham saudades do Mingo não era? :)

Fato de banho: Springfield 

7.22.2017

Podia ter-me dado para pior! #195 especial ALGARVE








Calções, Túnica e Body: ZARA | Sandálias: DAILY CRISTINA | Relógio: D&G 

Vou contar-vos a história do Mingo

Quando começou esta moda das bóias em formato de flamingo, unicórnio, melancia e por aí fora, eu avistei umas giríssimas na Primark. Mas - e como sempre - do alto da minha indecisão, vai que optei por não gastar 12€ porque dentro da minha razoabilidade, ainda estávamos em Março. (Ninguém compra bóias em Março, certo?) 

Obviamente quando fui para comprar (em Julho), elas já não estavam à minha espera.

História da minha vida (e das minhas inúmeras indecisões). 

Adiante, entretanto vi várias na net, e em outros sítios mas rondavam sempre os 70€ e... coragem! 

Tal não é a minha felicidade quando as encontro em Portimão... a minha bóia fofinha-fofinha que só ela!! 

Foi o histerismo. A felicidade. A exploooosão (também se lembraram da música não foi?) de alegria. 

Só haviam duas ou três cor-de-rosa, e as restantes eram todas brancas. 

OBVIAMENTE trouxe o meu flamingo cor-de-rosa para casa! 

Como já é habitual (e é aqui que a história tem o seu drama), apelido sempre carinhosamente as minhas coisas. Assim, lembrei-me de lhe chamar carinhosamente de Mingo! (Que vem de flamingo como vocês tão fácil e inteligentemente chegaram lá). 

Qual não é a minha tristeza - que achava que o meu Mingo era exclusivo - quando o meu primo mais novo me mostra que existem MILHARES de mingo's carinhosamente assim apelidados pelas suas donas de tôdó mundó!!! 

Bastam colocarem o hashtag #Mingo e vão confirmar este triste facto.

Podem achar que não é assim tão dramático, mas eu fiquei mesmo muito triste.

É que podiam chamar-lhe tanta coisa... (ou na loucura: nem sequer lhe chamarem nada porque, sei lá, é uma BÓIA) mas não, tinha de ser Mingo. Mingo's everywereeee!

Mas pronto, era isto. 

Apesar de tudo, o meu Mingo vai ser sempre o mais lindo da praia. Até porque é o único (até agora!). ❤️

(E sim. Esta foi mesmo a história de uma bóia. Uma bóia que se chama Mingo.)

#prayforMingo
#Mingo
#Mingosdetôdómundójuntaivos









Fato de banho: Women's secret

7.21.2017

Podia ter-me dado para pior! #194 especial ALGARVE

Eu sei, eu sei... EU SEI!!! Juro que desde que esta moda saiu às ruas que eu proferi algo como: "SE ALGUM DIA ME VIREM COM UMA COISA DESTAS TÊM DESDE JÁ AUTORIZAÇÃO PARA ME BATER!! OUVIRAM BEM??" O que é que aconteceu? Exacto. Primeiro estranha-se, depois entranha-se. Primeiro só via aberrações desta espécie de "chinelos". Depois comecei a achar alguns giros (e outros demasiado fofinhos). Primeiro passo para o precipício. 

A muito custo, lá caí eu na tentação. Porque eram COR-DE-ROSA. Porque custavam 6€. E sim, porque estou de FÉRIAS. 

Sabem que mais? Who cares? Não dão para o meu dia-a-dia, mas são giros, são fofinhos, e mega confortáveis! Gostei. 





Body: STRADIVARIUS | Calções: CHANGE | Chinelos: PRIMARK | Mala: STELLA RITTWAGEN

Está tranquilo, está favorável.

O quarto dia de praia. Dias quentes, água morna. As nossas pessoas. A nossa praia. Noites frias. 




Leve. ❤️🌊🐚

Biquini: Luli Fama Miami

7.20.2017

Podia ter-me dado para pior! #193 especial ALGARVE







 T-shirt e Saia: ZARA | Sandálias: RUIKA | Relógio: MICHAEL KORS

My little paradise

O terceiro dia no meu pequeno paraíso. 




Calmaria feliz. ❤️

Biquini: PHAX

7.19.2017

Em casa ❤️

O segundo dia de praia. Na minha praia. Since 1991.




Biquini: Luli Fama Miami


7.17.2017

Podia ter-me dado para pior! #192 especial ALGARVE

Branca mais braaaaaanca não há. Mas dêem-me um desconto, não é verdade? FIRST DAY!(dêem-me mais dois ou três dias e logo conversamos...*riso maléfico*!)

Chegámos mais tarde, mas chegámos (e bem!) que é o mais importante. Este ano ainda mais de coração cheio, pois para além de ser uma das três épocas no ano que mais anseio e mais adoro, este ano voltámos ao que éramos e conseguimos vir todos juntos. Nada paga esta confusão de risos e vozes. É muito amor, muita cumplicidade. São anos de memórias. E revive-las mais um ano (quando os anos começam a ficar mais curtos), é de um valor incalculável. É a isto que chamo família. São estes que amo até à exaustão. E são momentos destes que alimentam a eterna criança feliz que há dentro de mim. <3

Apesar de odiar todas as fotos enquanto ainda estou neste tom lula-translúcido - coragem! - trago-vos o primeiro look destas férias. As sandálias são sem sombra de dúvidas o meu crus deste verão!









Calções: ZARA | Top: Pull & Bear | Sandálias: DAILY CRISTINA | Relógio: D&G | Brincos: MISSANGA LOVE | Mala: STELLA RITTWAGEN


7.14.2017

Filmes da Chiclet #39 | GRU, O MALDISPOSTO 3





Gru apareceu em 2010 e, sete anos mais tarde, apresenta-nos o irmão gémeo, Dru, que nem sequer sabia que tinha. Primeiro adora a ideia, quando o conhece nem por isso. Não podiam ser mais diferentes! O Gru pobre, desempregado, mas que amava o seu trabalho, com 3 filhas adoptadas, uma adorada mulher sempre a seu lado. E Dru: superficial, infantil, riquíssimo, com o último grito da moda e da tecnologia em tudo... e sem ninguém na sua vida, nem sequer um objectivo de vida. Só queria fazer parte da história da família: ajudar a vencer os vilões! 


A Gru juntam-se os amarelos Minions e as três pequenas filhas que o vilão mais querido do mundo adotou logo no primeiro filme da saga. Gru apareceu-nos  como um super-vilão mas acabou por revelar um lado humano ao adotar um trio de órfãs que despertaram nele, a custo, todo um adorável lado fofinho, que até ele próprio desconhecia! 





Não é o melhor dos filmes, até porque os minions apareceram muito pouco. Mas está sem duvida muito engraçado! Levem essas crianças ao cinema faxabôr! 💛



Esta é sem sombra de dúvidas a criança-desenho-animado mais fofinha, adorável e maravilhosa da história dos desenhos animados! 

7.13.2017

Unhas do mês #28

Título bom seria: unhas das férias! Porque é mesmo isso que são. Mesmo sem tempo, arranjei um tempinho para minimizar o estado terrível das minhas unhas, pois uma pessoa tem de ir minimamente apresentável para as férias não é verdade?! É que "ah e tal..." já só faltam 2 dias!!!

Ninguém tinha vaga. Ninguém tinha tempo. Acho que andamos todos para o mesmo, na verdade. Mas por intermédio da minha otchi, a querida da Rute lá arranjou um tempinho para mim. 

Adorei o profissionalismo, a técnica utilizada, e o excelente trabalho. (As minhas iam mesmo, mesmo muito más) 

Estão fininhas, como eu gosto. Naturais. Sem altinhos ou pequenas falhas que, podem parecer não ter importância, mas para quem gosta de roer como eu, é a desculpa (e tentação) perfeita (infelizmente). Por isso saí de lá muito feliz!




Um rosa/ coral neon como manda o verão. Mãos e pés: check! 

E a um preço super acessível: 

Mãos (unhas de gel com extensão) 18€
Pés (unhas de gel): 10€

O cantinho da Rute chama-se Polish Me Pink e fica em Odivelas. Visitem! 


Filmes da Chiclet #38 | A TODA A VELOCIDADE



Vou explicar-vos uma coisa antes de mais: todos os filmes franceses que vi até hoje (talvez uns três, assim na loucura) eram tão, tão, mas tão maus. Coragem! Tinham sempre por base um argumento péssimo, e todo o filme em si rodava à volta de uma história sem grande nexo. Daí que, quando vi este filme (é o que dá ver os trailers sem som!!) ia preparada para o pior. Mas... SURPRESA! 

Porque quando há bem a dizer, eu digo sim senhora. Esta foi talvez uma das boas comédias que vi nos últimos tempos. Não é o melhor filme do mundo, e acaba por ter um único senão: quase todo o filme se passa com a mesma imagem, eles no carro/ o carro em andamento. Mas está mesmo muito giro. Muito bem conseguido. Bons argumentos, algum bom humor! Boas gargalhadas garantidas. As personagens são interessantes e têm diálogos e interpretações que nos fazem rever em muitas coisas pois retratam alguns exemplos do dia-a-dia de uma vida ou família comum. Está mesmo muito engraçado! Portando: recomendo!! 

Deixo-vos uma sinopse: 

Desejosa de umas férias descansadas, uma família igual a tantas outras sobe para o seu monovolume (novinho a estrear!) e põe-se a caminho. Já na autoestrada, o pai programa a carrinha para uma velocidade de cruzeiro de 130 km/h. Tudo parece correr como o previsto… Até perceberem que o computador de bordo avariou e que agora não têm maneira de reduzir a velocidade ou controlar o veículo. A solução, no imediato, passa por três coisas fundamentais: 
- manter a calma;
- ligar à polícia de trânsito;
- e tentar encontrar quilómetros e quilómetros de caminho desimpedido…

Uma comédia a toda a velocidade com assinatura de Nicolas, com argumento de Frédéric Jardin e de Fabrice Roger-Lacan. 

Nos papéis principais estão os actores José Garcia, André Dussollier, Caroline Vigneaux, Josephine Callies e Stylane Lecaille.