11.11.2016

À minha Mary Jane

Mary Jane, parabéns!!! PARABÉNS, PARABÉNS, PARABÉNS! :)

Hoje estou duplamente feliz. Tão verdadeiramente feliz! Pelo teu aniversário obviamente, e por outro outro motivo que tão bem sabes: faz hoje um ano, que por qualquer força superior ou do universo, retomámos aquilo que nos roubaram durante quase cinco longos anos. Secalhar já tinha de ser assim. Vivemos o que tínhamos de viver, crescemos o que tínhamos de crescer, aprendemos o que tínhamos de aprender, e acima de tudo: aprendemos a pensar por nós, a acreditar em nós e a sabermos que devemos apenas e só dar importância àqueles que são realmente importantes. Aqueles que mesmo que não concordem, ou não compreendam as nossas escolhas, estão incondicionalmente lá - de alma e coração, com um abraço de conforto por um lado, e o silêncio (que diz tanto), que de tanto precisamos, de outro. 

Hoje somos pessoas completamente diferentes daquilo que éramos, há cinco anos atrás. Mas há uma de muitas coisas que nos ligam para sempre: os nossos princípios, os nossos valores, e aquilo que conhecemos bem uma da outra - o mais fundo do nosso ser - o bom que há em nós, isso, por muito que crescemos ou que mudemos, está-nos intrínseco.

Por isso eu sei que sempre te conheci. E não é fácil conhecer verdadeiramente uma pessoa, mas nós conhecemo-nos.  

Haverá sempre coisas, momentos e memórias que só nós sabemos. E que nunca esqueceremos. E é essa a nossa maior vitória: as coisas que nunca nos conseguiram roubar. 

Tivemos uma educação idêntica, "pais idênticos", consequentes valores idênticos. Sempre tiveste um coração enorme, mas nunca gostaste de o demonstrar. Podias até escrever, e traduzir em palavras, muitas vezes, o tanto que sentias, mas nunca a verbalizá-lo - simples, porque tu és assim. Mulher de actos, e poucas palavras. Se bem que as quedas, as dores, e todos os mundos que tens suportado te fizeram a mulher forte que és hoje. Sempre o foste, mas hoje emanas aquilo de que és feita. Sabe-se sempre que se pode contar contigo. No melhor, no pior, e acima de tudo, no inesperável. 

És igual a ti própria, a pessoa mais fiel que conheço a todos os que ama, e uma das pessoas de que mais gosto - e sempre gostei - neste mundo. Neste mundo que constantemente nos tira o tapete debaixo dos pés, mas que sabe o que faz, e que tarde ou não, nos dá as coisas boas que merecemos. 

Gostas de CSI, de ler desmesuradamente no verão, e preguiçosamente no inverno. Detestas pessoas que fazem barulhos a comer, não gostas de ir ao cinema, nem de "cheiros" no geral. És da "ribêra", com orgulho. Róis as unhas como eu, mas insistimos em aparentar que não, com todas as técnicas que conseguimos. Não "papas grupos", nem gostas de cozinhar. Mas agora é toda uma Master-Jane a acontecer, desde a Bimby (Amén, ao red velvet, à lasanha, ao pudim-terra, e a todos os outros que virão a nós). Não gostas de surpresas, nem de comemorar o aniversário (se bem que acho que vais ter de lidar com isso eheh). Mas sei que é bom que gostes do teu presente very lindooo! 

De há um ano para cá, foi como se déssemos passos de bebé. Com calma. Tanta coisa para contar, tanta coisa para saber. Tantas perguntas por fazer. Tantas coisas por dizer. E com os nossos sempre bem assentes pés na terra, lá temos vindo a dar todos esses passos. Tantos olhares virados para nós. Mas nós somos fótes!

Orgulha-te sempre da mulher extraordinária que és, podes não pensar sê-lo ou valorizá-lo de tal forma, mas nós, que gostamos de ti e te conhecemos realmente bem, sabemos bem esse coração, essa força, essa dedicação, e todas essas características que tão bem te definem, e que fazem de ti a excelente neta, sobrinha, filha, irmã, amiga... que és. 

Sei, lá no fundo, que tens algo extraordinariamente BOM e GRANDE, guardado para ti. Desejo-te o mesmo que para mim: o melhor que o mundo tiver para dar. Que este dia seja para lá de muito feliz! Como bem mereces. Porque mereces tudo de bom. E tens muitas estrelinhas de volta de ti, a brilhar por ti...e a iluminar-te o futuro risonho que te espera! 

És grande miúda! Vou estar sempre aqui para ti. 

É bom ter-te de volta. 

Tinha mesmo muitas saudades tuas.


Love you, always and forever. 

Tina Turner & Mary Serras


11 de Novembro de 2016






1 comentário:

  1. Sabes que conseguiste com este texto fazer duas proezas... deixar-me sem palavras e fazer-me chorar (quem me conhece bem, que é o teu caso, sabe que não é fácil nem deixar-me sem palavras, nem fazer me chorar!) neste momento a única coisa que consigo dizer é OBRIGADO, obrigado por estares na minha vida, obrigado por seres quem és e obrigado por me teres descrito tão bem... serás sempre, independentemente de tudo, uma das pessoas mais importantes da minha vida e estou super feliz que puder partilhar este dia contigo!
    Love you always and forever!!

    ResponderEliminar