3.30.2016

Vamos lá falar de pincéis!


Que senão ninguém se entende

Existem tantos e para tantas funções, que apesar de ler-mos e ver-mos mil e trezentos vídeos e tutoriais no YouTube, acabamos por cair na tentação, comprar mil pincéis e na verdade, usamos dois ou três - havendo a forte probabilidade de mesmo nestes dois ou três estarmos a usá-los para outra função que não a apropriada. 

Este post é tanto para vocês quanto para mim, acreditem (que já sabem que sou uma naba nestas coisas não é verdade?!).



Pincel para base: 


Este pincel faz exatamente o que diz na embalagem: aplica base. As cerdas densas absorvem produtos de base líquida, mantendo-os concentrados, o que significa menos sujidade e uma aplicação fácil.


Pincel para base em pó:


Este pincel é concebido para cosméticos em pó, o que significa que a base líquida não vai fixar-se bem nas cerdas. 


Pincel retrátil para lábios:


Um pincel para lábios é uma ferramenta indispensável  quando o teu batom chega àquela fase em que só resta um pedacinho e é difícil de usar. Mas as coisas podem começar a complicar-se quando o teu pincel para lábios sem tampa começa a pintar o interior da tua bolsa de maquilhagem. A solução? O pincel retrátil em forma de caneta. Com cerdas suaves que se retraem perfeitamente assim que acabas de o utilizar é a solução ideal.


Pincel para sombra:


Denso e adelgaçado na base, abrindo para uma subtil forma de leque nas pontas, o clássico pincel para sombras.


Pincel para blush com dupla extremidade:


Este pincel com dupla função vai dar-te jeito nos dias em que queres um efeito de blush mais ou menos proeminente. A extremidade mais cheia do pincel é ótima para dar um tom rosado às maçãs do rosto, enquanto a extremidade mais pequena te permite aplicar uma camada mais fina ou tons mais escuros por baixo das maçãs do rosto para conseguires aquele efeito com contornos.


Pincel para contouring/ contorno: 


Angulado para ser mais fácil de utilizar, vais ver que este pequeno pincel é muito útil. Começa por pincelar na direção descendente por baixo das maçãs do rosto, usando a extremidade mais comprida, antes de passares às cerdas mais curtas.


Pincel para corretor:


Embora seja semelhante a um pincel para base, com as cerdas muito concentradas, o pincel para corretor é concebido para oferecer uma cobertura sólida. As cerdas num pincel para base são menos densas, o que significa que o corretor se irá dispersar e ter menos efeito ao ser aplicado.



Pincel para sobrancelhas:


As sobrancelhas ainda exigem muita atenção na indústria de beleza e a nossa obsessão por sobrancelhas perfeitas deu origem a uma variedade de acessórios. O pincel de sobrancelhas chanfrado (sim, é mesmo este o nome!) serve dois propósitos: escovar e preencher sobrancelhas. 


Pincel blender com dupla extremidade para base:


No que toca a aplicar a base, podem utilizar uma esponja blendereum ou um pincel. Ou melhor: usem ambos! A esponja ergonómica vai ajudar a dar um ar natural a esses contornos, o que por vezes pode ser complicado, e o lado do pincel funciona de forma tão eficiente como o pincel para base. 


Pincel de strobing:


O strobing é o mais recente fenómeno de beleza a dominar as passadeiras vermelhas. Semelhante ao contouring, o strobing é uma forma de realçar as tuas feições naturais, embora esta técnica se concentre mais em iluminadores que refletem a luz do que em bronzeadores que criam sombras. O pincel de strobing combina perfeitamente com a consistência viscosa da maioria dos produtos iluminadores graças ao seu pincel redondo denso. Aplica por cima das maçãs do rosto, ao longo do nariz e sob o osso da sobrancelha para um brilho tipo neblina.





Pincéis PRIMARK - entre 1€ e 2,5€.




2 comentários:

  1. Post muito interessante, eu nunca sei para que servem os pincéis e realmente tenho uma carrada e só uso 2 ou três hihih

    Beijinhos

    ResponderEliminar