11.10.2015

Democracia?




Acima de tudo já sei que muita gente critica quem tem páginas/ blogues/ sites ou qualquer outro tipo de influência, mais não seja informativa ou social, de que não deveriam demonstrar a sua opinião pessoal, ou tomar uma parte - pelo menos quanto às questões tabu que tantas relações destroem: política e futebol.

Mas sou incapaz de não o fazer hoje. E aqui. "A minha liberdade acaba quando começa a do outro."

Quero começar por dizer que isto é absolutamente ridículo. O povo escolheu, penso (ou pensava) eu, que era a isso que chamávamos de democracia. Não podem 123 alpinistas sociais (ou políticos) com sede de poder, e egos astronómicos (porque é disso que verdadeiramente se trata) mandar mais que 11 milhões - quando a maioria desses 11 milhões escolheu a opção oposta. Pessoas estas que tiveram durante todas as eleições a atacar-se mutuamente. Mas agora, porque sim, porque convém, e porque "Olha, que se lixem os ideais! Vamos subir ao poder!", se juntam e afinal, já não são minorias que se odeiam e contradizem a todos os níveis. Não, agora são um só. O futuro. Princípios e ideais idênticos. E sempre, sempre a pensar no país em primeiro lugar! Irónico, não? 

Nos entretantos, está um país por governar.

Sabem que mais? Acho que é caso para ter-mos medo. Muito medo.
Pois no meio de tanta sede (de poder!) veremos se quem não se afunda é o país, de vez. 

Era só isto. Desculpem qualquer coisa. 




1 comentário:

  1. bem, para mim não tenho grande opinião sobre o assunto. Eles são todos iguais.
    bjs
    http://caraanjo.blogspot.pt/
    https://www.facebook.com/caraanjo/?fref=ts

    ResponderEliminar