9.30.2015

Leituras da Chiclet #3 especial Grey

Agora assim de repente, até pensei que estava enganada no número da rubrica (tive mesmo de ir confirmar!). Está visto que das duas, uma: ou o blogue é mesmo um bebé aqui pela blogosfera (que é!), ou vocês não são muito dados a leituras e preferem outras rubricas... ou tenho mesmooo que começar a falar dos milhentos livros que tenho na estante, e não só dos novos que leio! (Esperem lá, era "das duas, uma", já vamos em três. Shame on me!

Mas falando agora do assunto livro que me trouxe aqui, eis que é hoje que vos vou (finalmenteeeeeeee!) dar a minha opinião sobre o tão badalado quarto livro do Mr. Grey (ou deveria dizer PRIMEIRO, em vez de quarto?!). Confessem que estavam desejosas! :)

O Tanas é que nos espera já de seguida, O Senhor Tanas! 

Meus bons amores, é com grande pesar que vos escrevo este post.

Eu, e acredito piamente que outros tantos milhares (ou milhões) de mulheres por este mundo fora, estivemos MESES, à espera do tão badalado e desejado quarto livro do Grey. 

Acredito também que, e tal como eu, à espera da continuação da história, todo um "felizes para sempre", dentro das 50 sombras claro está. A continuação de uma história de que nos agarrou de tal forma, que era ver o mulherio a ler 600 páginas num abrir e fechar de olhos, literalmente. Eu própria, li os três livros numa semana. Sofrendo e amando com eles (e não com o totó que escolheram para Mr.Grey no cinema, sem ofensas!). Estava curiosa para conhecer todo um novo Mr.Grey, agora com o nascimento do "pontinho", etc, etc. Assim mais "baunilhizado", por assim dizer (eu sei que vocês entendem!). A não ser, claro está, que era desta feita, escrito na pessoa do Grey.

Mas não. Preparadas?

Para quem ainda não leu (sinceramente, a não ser que se seja coleccionadora acho um pouco um desperdício de dinheiro, vá o meu não é desperdício porque foi oferecido por uma pessoa muito especial, valha-me isso!, mas acreditem que o-é), a modos que, o livro é EXACTAMENTE IGUAL AO PRIMEIRO. Assim, sem tirar nem pôr. EXACTAMENTE IGUAL. Página por página, parágrafo por parágrafo. E-mail, por e-mail. Palmada, por palmada. (Bem que mereciam, por esta jogada fabulosa de marketing!)

BULLSHIT, pura e dura.

OK, dá para perceber, em certas partes, um pouco melhor o estado de espírito e/ou pensamentos/atitudes do Grey. Mas, porra. Apenas isso! De resto, é EXACTAMENTE IGUAL.

Desculpem as maiúsculas, mas fiquei mesmo irritada. Tinha tantas esperanças acumuladas naquelas seiscentas páginas. No fundo, ninguém gosta de se desiludir, verdade?

Sabem o que vos digo?


MARKETING, puro e duro. Fabuloso, que dói. E o pior é que é verdade, caímos que nem umas meninas. 


  

E não me venham com tretas porque o que a malta pediu foi - obviamente - uma continuação. Quando estamos num concerto e pedimos "mais umaaaaaaa!", não é suposto cantarem 10x a mesma musica, mas sim "mais uma". Não mais uma vez. 

E como podem ver, demorei SEMANAS a ler o livro. Um atentado à minha pessoa, como bem sabem, demorar tanto tempo a ler um livro. Ainda para mais este. A sério, para mim pelo menos, tornou-se mesmo enfadonho. Preferia ter relido o segundo livro. Não sei se é por ter sido esta loucura toda, por já ter lido o livro, por já ter visto inclusivamente o filme... fartei. Parece que já conheço toda a história de tanto a ler, ver e conhecer. Esperemos que o segundo filme pelo menos seja bom, para tirarmos a barriguinha de misérias deste PRIMEIRO QUARTO livro. Valha-nos que o segundo, e principalmente o terceiro, de sonsos não têm nada! :)

Gostava muito de ler a vossa opinião! :)


xoxo


Image and video hosting by TinyPic

3 comentários:

  1. Desde cedo se soube que este livro não ia acrescentar grande coisa. Porque não era suposto ser uma contiinuação, apenas a história recontada pelo Grey. Logo esperar algo mais que isso era complicado. Confesso que li os 3. Adorei os dois primeiros, mas o terceiro já era muito drama para mim. Comprei este, mas ainda não ganhei coragem de começar. Numa coisa estou de acordo, o filme foi mau, a escolha para Grey foi péssima e é mesmo esperar que no segundo filme exista uma mudança radical.
    O objectivo deste, e dos próximos dois que vão sair é mesmo e só manter a marca e a máquina a contar notas. Infelizmente para nós fãs da saga é uma paixão, mas para quem escreve e publica é apenas uma forma de continuar no mercado e a fazer dinheiro.

    Boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela visita. A minha opinião sobre o filme está aqui: http://rosachiclet23.blogspot.pt/2015/02/filmes-da-chiclet-5-especial-50-sombras.html?m=1 . Eu gostei dos livros (especialmente do segundo e do terceiro) e gostei do filme. Não era nada para um Óscar, mas acho que estava razoavelmente bom e fiel à história, ao livro. No entanto, este foi mesmo uma enorme desilusão. Para além de não fazer qualquer sentido existirem dois livros (ou futuramente, seis) exactamente iguais, só mudando pouca coisa, tal como pensamentos e pouco mais. Uma outra visão, mas na mesma história, nas mesmas frases, nas mesmas linhas, sem acrescentar nem retirar ponto. Portanto acho um pouco desperdício de dinheiro, apesar de compreender. Pois mesmo que não mo tivessem oferecido (e mesmo que me tivessem avisado previamente) já sei que o teria de comprar na mesma. Mas isto sou eu, um tanto ou quanto maníaca dos livros.

      Obrigada pela sua opinião :)

      Eliminar
    2. A ver se desta vez não sai em anónimo... lol

      Como pode ter reparado sou um rapaz, acho que a forma de escrever o denunciou. E se a uma primeira vista pode parecer estranho um rapaz conseguir ver naquela triologia algo de bom, eu diria que há muitos rapazes que não sabem o que andam a ler.

      Entenderá a minha perspectiva. O que me agradou na história foi a forma crua de ser do Mr Grey, Talvez por ser um pouco dessa maneira, mas sem aquele background todo. O que me agradou mesmo foi ao ler sentir-me conectado. E no fim de contas é isso que nos faz ler, ver séries, etc etc.

      Se não nos identificássemos provavelmente não teríamos metade do prazer em ler. (Outro devorador de livros a falar).

      Tem toda a razão quanto à falta de sentido desta segunda triologia. Preferiria ter apenas mais um livro, ou meia duzia de capitulos disponibilizados a ter isto. Até porque se reparar no final do terceiro livro já fazem um pouco o leitor ver as coisas na perspectiva do senhor Grey.

      Infelizmente é algo muito curtinho, mas pareceu-me totalmente ajustado. Quanto a estes dois que estão por sair e o livro aqui retratado é notória toda uma falta de toque. Se é que me percebe. Totalmente com o óbjectivo de quando em 2017 o filme sair, a trama ainda não estar esquecida.

      E falo, falo, e falo, mas comprarei os outros dois livros sem pensar duas vezes, e em 2017 quando o filme estrear lá estarei. Não por causa da questão sexual, que por incrivel que parece só está a ser puxada ao assunto neste momento, mas por essa mesma conexão que criei com a história.
      E se estivessemos perante dois leitores não fãs, provavelmente a conversa não passaria disso :)


      Não sei quanto a si, mas fiquei encantado com a conversa e talvez volte mais vezes, Para procurar sugestões de livros e assim. É sempre difícil escolher o que ler a seguir, quando existe um mundo tão grande lá fora.

      Foi um gosto.
      Boa noite.

      Césaar-

      Eliminar