6.03.2015

Novamente órfã de série

Eu sei, eu sei... Mas estou na esperança que algum de vós não saiba e portanto este post era para vos indicar uma das melhores séries de sempre. Que acabou antes do tempo, e inesperadamente. Dolorosamente

A única parte boa neste final, é que o episódio foi mesmo épico... E digno da série em si, e da adoração dos fãs. Por incrível que pareça - apesar de o terem feito em toda a série, onde ficávamos tipo "ahhhhh!" em cada episódio, seguido de um "não é possível!!" - conseguiram, uma vez mais, surpreender-nos e dar-nos um final à altura.

Estou a falar-vos obviamente de... REVENGE!

Acho que é das poucas séries em que nos apaixonamos por várias personagens e elas vão mudando tanto ao longo da série que, mesmo com essa mudança, deixar de gostar delas é quase impossível. Podemos amar as personagens e odiá-las de um episódio para o outro. 

A série foi baseada na obra escrita por Emily Brönte, O Monte dos Vendavais, que se resume numa história de vingança, e na minha opinião, foi uma óptima adaptação. 
Penso que em tudo na nossa vida, procuramos algum tipo de motivação para conseguirmos o que mais desejamos, seja o que for. Eu encontrei nesta série um pouco dessa motivação, a Emily VanCamp é tão boa actriz, que transmitiu o desejo de vingança, e o amor que foi conquistando ao longo das quatro temporadas, ou seja, quatro anos que passámos com ela. Quatro anos a apaixonar-mo-nos por ela. A nossa loira vingativa. Muita classe, sempre. 

Ainda não acredito que acabou. E já passaram semanas. (Ainda dói!)


P.S.: Serei sempre Team Aiden!








(ahhhhhh)


Infinitas vezes infinito


E nunca se esqueçam: "Ao embarcar numa vingança, cave sempre duas covas."

"A maior arma que alguém pode usar contra nós é a nossa própria mente. Aproveitando-se de dúvidas e incertezas que ali se escondem. Somos verdadeiros com nós mesmos? Ou vivemos pelas expectativas de terceiros? E se formos acessíveis e sinceros, podemos algum dia ser realmente amados? Podemos encontrar coragem para liberar nossos segredos mais ocultos? Ou no final,somos todos incompreensíveis até para nos mesmos?"

"A verdade é um duelo de percepções em que as pessoas só exergam o que podem enfrentar.Não importa o que você vê, mas sim o que você enxerga."

“Algumas pessoas sofrem para entender sua própria culpa. Relutantes ou incapazes de justificar o papel que desempenham nele. Outros fogem da culpa, escondem a sua consciência, até não sobrar nada dela. Mas eu corri na direcção da minha culpa. Eu alimentei-me dela. Eu preciso dela. O meu pai morreu sem saber se eu acreditaria na sua inocência. Para mim, a culpa é uma das lanternas, que ainda iluminam meu caminho."

"Como a vida, a vingança pode ser algo confuso. E ambos seriam muito mais simples se a 
nossa mente pudesse entender qual caminho o nosso coração quer seguir. Mas o coração tem os seus motivos. Motivos que não sabemos."

"Assim como existem dois lados de cada história, existem dois lados de toda pessoa. Um lado que revelamos ao mundo e outro que mantemos escondido."

"A verdadeira lealdade leva anos para se construir e apenas segundos para se destruir."

''A absolvição é a mais poderosa forma de perdão. É um perdão total da suspeita e da responsabilização. É uma libertação de um futuro roubado."

"Alguns dizem que as nossas vidas são definidas pela soma das nossas escolhas. Mas não são nossas escolhas que distinguem quem somos é o nosso compromisso com elas."

"A justiça, como a beleza, depende dos olhos de quem observa. Alguns vêem uma vítima inocente. Outros vêem o mal encarnado, recebendo o que merece."

''Aqueles que não lembram do passado estão condenados a repeti-lo, mas aqueles que se recusam a esquecer o passado, estão condenados a revivê-lo.''

"A dúvida é uma doença. Afecta a mente, gera desconfiança dos motivos alheios e do conhecimento alheio. A dúvida tem a habilidade de pôr em dúvida tudo o que se acredita sobre alguém e de reforçar as suspeitas mais sombrias a nossa volta."

xoxo


2 comentários:

  1. Como te compreendo :( mais uma série que terminou. Este ano fiquei órfã de várias séries, mas a que me custou mais foi a Revenge.
    (www.heidiland.blogs.sapo.pt)

    ResponderEliminar
  2. É triste quando estamos mesmo de mãos dadas com uma série e ela nos deixa, para compensar vamos tendo outras mas não é nada a mesma coisa! Nunca se sabe se haverá mais temporadas :)

    ResponderEliminar