5.19.2015

O campeão voltou! ❤️

Este post já vem com umas horas de atraso, e certamente não agradará a gregos e a troianos. As minhas desculpas quanto à primeira situação :) 

Ontem foi um dia (ou noite) de emoções fortes. Vim todo o caminho para Lisboa a ouvir o relato do meu Benfica, de camisola e cachecol em punho, ora arrepiada, ora a tremer (não sei se da velocidade, mas calculo que fosse mais pelos nervos da situação), ora a chamar uns quantos nomes ao árbitro e ao guarda-redes do Guimarães. Passou-se de tudo um pouco. Sim, porque vocês não sabem, eu não ligo muito a futebol, mas com o meu Benfica pára tudo. Tu-do mesmo. 

Podem dizer o que disserem (e certamente que cada um, dos mais diversos clubes o dirá do seu), mas juro que é verdade. O Benfica não é só um clube. Ir ao estádio não é só ver um simples jogo. Há magia ali. Nós choramos, rimos, trememos, suspiramos, gritamos... Tudo isto com o coração a MIL. Sempre a mil. Não há como ser ou fazer de outra forma. É um amor, uma paixão. Uma religião. E viu-se, mais uma vez, ontem. 

Fui ao Marquês, pela primeira vez, festejar o meu Benfica campeão. BI-CAMPEÃO!! E foi uma das melhores experiências e que mais gostei e tive até hoje. Sem dúvida que os próximos serão sempre passados lá. Milhares e milhares de pessoas. Milhares! De todos os cantos. O Marquês encheu, o Parque, a Avenida. Toda a nossa Lisboa. Nós gritámos e Lisboa tremeu. Nós cantámos e Lisboa ecoou numa só voz. Nós saltámos, nós rimos, nós arrepiámo-nos. 

Como sempre, apenas apareceu nos meios de comunicação social as brigas, os desastres, os problemas - o mal geral do clube. Mas nunca confundam meia dúzia de gente que só vai para lá com o único intuito disso mesmo - arranjar problemas e estragar a festa aos outros - apenas porque sim, porque são seres infelizes, desprovidos de tanta coisa. Nunca confundam essa meia dúzia de gente, com o clube, com os adeptos - com a grande generalidade dos adeptos, com uma nação. Essa é uma generalização tão básica, hipócrita e baixa, que nem merece que lhe demos a visibilidade que, por vezes, sendo mais forte que nós, tentamos em vão explicar, e consequentemente damos aquilo que as pessoas que criam esse circo pretendem - visibilidade. Mais do mesmo. É por isso que cada vez, numa grande escala, a comunicação social tem uma imagem em decadência. Preferem estimular a mentira, a ilusão, o engano, e acima de tudo, a generalização de coisas que não chegam a uma ínfima pequena fração da importância e grandeza que lhe dão.

Ontem, não vi quaisquer brigas, carga policial ameaçadora, ou garrafas pelo ar. Vi gente, um autêntico mundo dela. Acima de tudo vi gente feliz, gente boa, animada, todos lá - na sua grande maioria - com o mesmo objectivo: FESTEJAR. 

E acreditem, por mais que alguns o queiram tornar num momento feio - ou que acabou mal - lamento informar-vos que não são essas as lembranças que quem lá esteve guardará ou levará na memória. 

Vou tentar lá estar domingo, a apoiar novamente os nossos campeões. Porque em casa a festa é sempre outra. Sempre um pouco mais nossa. E a magia, apesar de lá estar sempre, meus amores... A magia em casa é qualquer coisa de astronómica!

Podem dizer que sou clubística, sou-o certamente. E é com todo um imenso orgulho que o digo de forma peremptória! É a magia. O amor. Vá-se lá sabê-lo, quanto mais quantificá-lo ou qualificá-lo.

Quero apenas partilhar convosco um dos melhores momentos que passei até hoje, e daqueles que se guardam para sempre. Todo o sempre! 

Com colinho ou sem colinho, somos campeões - justa e merecidamente - campeões. BI-Campeões. E BI meus amores, não é colinho, não é para quem quer, é para quem sabe e faz por isso!

Somos todo um outro nível. Todo um outro amor. 

Deixo-vos algumas fotos de ontem: 


Na melhor companhia. Um dos meus melhores amores. E uma das mulheres da minha vida! ❤️









No meio da confusão, da alegria, do êxtase, e de milhares de pessoas... Ainda encontrámos um amigo de longa data! O nosso Mimi!!! Já lá vão 8 anos... Estamos a ficar velhotes!! O que me deixa feliz é que sempre que nos reencontramos, é como se tivéssemos continuado todos juntos, ou nós tivéssemos visto ontem. É por isso que gosto de ser como sou, e ter a melhor amiga do mundo... É nestas pequenas coisas que vimos que fizemos algo de bom, e que estamos no caminho certo. Independentemente do rumo da vida, nunca se esqueçam de todas as pessoas que vos fizeram bem, que estiveram convosco, que vos marcaram de alguma forma. Acreditem que com o passar dos anos... É bonito. Realmente bonito. 


Quando o avião dos jogadores passou mesmo em cima de nós :)))




Obrigada meninos! Obrigada Jesus! Por mais que te critiquem, bem ou mal, sempre gostei de ti. O que fazer? O que é certo é que no meio dos teus devaneios e do teu português, vais mostrando resultados. E calando muita gente. Esses mesmo. Todos eles. Obrigada. 

P.S.: só mais um? :)

DEIXEM PASSAR O MELHOR DO MUNDO ❤️


Xoxo














2 comentários:

  1. Não ligo a futebol, mesmo nada... Mas parabéns para a tua equipa :)
    foram muito giras festejar.

    ResponderEliminar