3.31.2015

Bershka a convencer-me!

Leram bem. E explico-vos desde já porquê (mas não me afinfem já esses dentes fáxabôr!) 

Não sei se vos acontece o mesmo, e até dúvido, pois sei que imensa gente adora a Bershka. Também depende muito de onde se vive, e consequentemente de que Bershka estamos a falar, obviamente. Em lisboa, com a Zara, é raro entrar lá. Em Santarém, por sua vez, tem muito que se lhe diga. Pelo menos para mim, claro está. 

É tudo demasiado colorido, demasiado pequeno-curto-justo, demasiado extravagante, demasiado néon. Há claro, sempre quem adore, só não é o meu caso, e gostos claramente que não se discutem! :)

Enfim, mas de quando em vez lá encontro uma peça ou outra que até gosto bastante! 

Por exemplo os bodys no verão, só compro lá. Para mim são os melhores e os mais giros!

Hoje foi um dos dias em que em meia vista de olhos pela loja, dei de caras com este quimono e com a t-shirt, e não é que são mesmo giros-giros que só eles?! 

Deixo-vos as peças que mais gostei: 



O quimono de que vos falei: 14,99€



Eu e os blazers, os blazers e eu...! 29,99€


Muito like Zara! E nós adoramos! :) 39,99€



E vocês o que acharam? Costumam ir muito à Bershka? 

Xoxo





Velocidade Furiosa 7 ❤️ os nossos já cá cantam!


Eu já tenho os nossos! E vocês? 

Quem, aí desse lado, está tão ansioso quando eu?? 

Para além de achar que vai ser o melhor filme de sempre, de todos os Velocidade Furiosa. Penso que este deve ser mesmo o último. E inevitavelmente o último com o nosso Brian. A vida, por vezes, pode ser mesmo muito injusta. 

Sem ele, nunca será igual. Por isso é bom que este final seja em bom, seja o melhor. E seja o último. 







Xoxo

Podia ter-me dado para pior! #40

Esta deve ser a "sessão" mais curta da história desta rubrica. Mas em ausência de melhor - e fundamentalmente de tempo - prefiro não vos falhar. 

Peço desculpa desde já pela qualidade e parca quantidade de fotos.

As fotos são de domingo.

Em todo o caso, espero que gostem. Eu adorei!





Blazer: Primark | Camisa: Stradivarius | Calças: Stradivarius | Sapatos: Aldo

Xoxo




Leituras da Chiclet #3


"Uma história apaixonante sobre confrontar o passado e saciar um antigo desejo de vingança.
Aos vinte e cinco anos, a Princesa Adrianne tem uma vida que a maioria das pessoas invejaria. Mas a sua postura de menina linda, elegante, rica e mimada é um artifício, um esforço cuidadosamente calculado para esconder uma perigosa verdade e um trágico passado. 
Há uma década que Adrianne vive com desejo de vingança. Durante a infância apenas pôde assistir à crueldade escondida atrás da fachada do casamento de conto de fadas dos pais. Agora tem o plano perfeito para fazer o seu pai pagar a crueldade que cometeu: irá apoderar-se de O Sol e A Lua, um lendário colar de valor inestimável. 
Contudo, conhece um homem que parece adivinhar todos os seus segredos. Inteligente, encantador e enigmático, Philip Chamberlain tem os seus próprios motivos para se aproximar de Adrianne. E só demasiado tarde ela se aperceberá do perigo… quando se vê obrigada a enfrentar dois homens extraordinários: um com o conhecimento para lhe roubar a liberdade, o outro com o poder para lhe roubar a vida." 

Penso que já não é novidade nenhuma para vocês, a Nora Roberts é a minha escritora preferida. Desde que li o primeiro livro que comprei dela, no alto dos meus ingénuos e parcos 12 anos. E tenho o orgulho de dizer que tenho todos os livros lidos e orgulhosamente guardados, da Nora. Menos os do seu pseudónimo. 

Já lá vão cerca de 50 livros, 11 anos depois. 11 anos de leitura - um dos maiores gostos que tenho na vida. 11 anos de Nora. 11 anos a adorar o cheiro de um novo livro, as primeiras páginas - e a última, que leio sempre antes. 11 anos a adorar a Nora e os livros. 

Todos os livros dela, tendem a passar-se na Irlanda - e acreditem: são os melhores!

Este passa-se entre NY e Jadir (país Árabe). Foi um contexto diferente, maravilhosamente bem delineado e conseguido - como sempre - pela minha querida Nora. 

Adorei principalmente ver o amor, o verdadeiro amor entre Phoebe e Addy - um amor de mãe para filha - em que tudo valeu.

O facto de ficarmos a conhecermos (melhor) a cultura árabe, vivemos de perto a dor de uma ocidental a viver de forma desumanamente dolorosa, sem amor, com ódio, humilhação, violência e violação atrás de violação. Tudo pela sua pequena Abby - a princesa Adrianne - nascida e criada em Jadir, só conhecia aquela maneira de viver, embora adorasse as histórias que a mãe contava - da neve em NY, do Natal... Entre tantas outras coisas todas elas estritamente proibidas em Jadir. Onde as mulheres apenas serviam para dar filhos - homens - sendo essa a sua fraqueza - para a glória ou para o desprezo. 

Abdu, acaba por ter por parte de todas nós mulheres, o ódio, a repugna. E a compaixão por Adrianne, que só queria o amor do pai, e não compreendia porque era sinónimo de vergonha para ele. Até assistir a uma das violações que ele fizera à mãe, e a lenta destruição a que a sujeitou. 

E pensa, inventa, organiza e constrói o objectivo da sua vida - roubar o colar O Sol e A Lua, da sua mãe por direito. 

Voltar a Jadir. Voltar a ver o pai e a sujeitar-se a ele. Tudo pela vingança de toda uma vida. E consegue!

Entretanto encontra algo inesperado, que tenta rejeitar a todo o custo, mas o qual se vai tornar vital na sua vida: o amor. 

Um dos maiores e melhores ladrões da sua época, agora retirado e em conjunto com a Interpol, tentam encontrar o maior ladrão de todos os tempos - intitulado O Sombra - nem mais, nem menos que a Princesa Adrianne de Jadir. Por quem se apaixona perdidamente e a quem tenta ajudar na sua vingança. Com muita relutância da parte dela, obviamente. 

Para mim foi verdadeiramente um dos melhores livros da Nora. Um contexto diferente, a escrita, porém, mantém-se impune - excepcional. 

Se ainda não estão convencidos, vão a correr à livraria mais próxima e escolham ao calhas um livro da Nora. De preferência, para começar o início desta paixão, uma das suas primeiras trilogias. Todas elas irlandesas.

Todas elas tão, tão boas!

Não se vão arrepender. I promess.


Xoxo

3.28.2015

Verão PRIMARK para Elas


Camisola: 11€ | Jeans: 17€ | Sandálias: 13€ | brincos: 3€ | Mala: 11€ | Conjunto colares: 3€

Gira, gira e a gastar pouco!


Vestido: 7€ | Saco: 10€ | Chinelos: 5€

Com o calor que aí vem, quem já tem o outfit pronto para a praia? :) 

E para as amantes de macacões like me:


Macacão: 7€ | sandálias: 13€ | óculos: 3€


Macacão: 8€ | alpercatas: 11€ 

Confesso que adorei este conjunto!! Ficou me debaixo de olho... :)


Macacão: 6€ | Colete de ganga: 11€ | sandálias: 5€ | óculos: 2€


Macacão: 15€ | blusão de ganga: 13€ | sandálias: 5€ 

Adoro! 



Sandálias (qualquer uma delas): 10€


Saco de praia: 10€

Fofinho-fofinho! In love.



Lanternas: 2€ cada 

Quem consegue resistir a estas coisas fofinhas-fofinhas, giras-giras que se fartam, e baratinhas como tudo?! Quem, minha gente? Almofadas, velas, lanternas, quadros. Podem oferecer. Just saying.

Xoxo 






3.27.2015

Nova colecção by CRISTINA

Sim, a Cristina Ferreira lançou agora a sua nova colecção de sapatos - desta feita, a colecção Primavera/Verão - mas desta vez, não associada à marca Hush Puppies (embora possamos encontrar lá a sua colecção) mas sim com a sua própria marca - CRISTINA. 

A colecção é pequena, simples e original. Contendo sapatos, sandálias e afins. Com a novidade das malas à mistura. Deixo-vos os que mais gostei. 








(Confesso que estas são as minhas melhores amigas no verão.)


Vão poder encontrar - e comprar - qualquer peça da colecção em lojas multimarcas e também através do site/plataforma online da marca CRISTINA. 

E vocês, de quais gostaram mais? 

Xoxo








3.26.2015

Unhas do mês #5

Hoje em manicure francesa. Para descansar um bocadinho das cores. 

Adorei!





Xoxo




Podia ter-me dado para pior! #39


















Parka: Benetton | Camisa: Zara | Calças: Zara | Ténis: All Star | Mala: Michael Kors | Relógio: D&G | Anel: Zara

in Parque das Nações

Image and video hosting by TinyPic